Skip to main content

Informação

Inquerito de satisfação  da biblioteca aqui

 

 

 

O CANTO DAS PALAVRAS - BECRE D. Manuel I

Conteúdo sindicado
CANTO DESTINADO ...
Actualizado: há 18 horas 20 minutos atrás

DR. DENTOLAS E A LENDA DO REINO DOS DENTES

Qua, 26/11/2014 - 11:08



Ainda no que diz respeito às atividades integradas na "Semana Sobe",  no dia 28 de novembro, os alunos da Escola da Estação terão oportunidade de assistir ao filme "Dr. Dentolas e a lenda  do reino dos dentes" e à apresentação de teatro de fantoches com a peça "Dentes à peça!".
Categorias: Bibliotecas Escolares

HISTÓRIAS ENTRE DENTES

Qua, 26/11/2014 - 10:05


É já amanhã, dia 27 de novembro, que os alunos do 1.º ciclo da Escola da Estação terão oportunidade de participar em sessões de leitura de histórias que abordam o tema da saúde oral. No sentido de sensibilizar os alunos para esta temática, a professora bibliotecária, Susana Gomes, lerá as histórias "E se a minha escova cantasse?" e "Dentada a dentada...sorriso de bruxa ou de fada?"
Categorias: Bibliotecas Escolares

SEMANA SOBE - 2014/15

Qua, 26/11/2014 - 09:48


Desde o  dia 24 de novembro,  poderás visitar, na Biblioteca da Estação, a exposição "E se a minha escova cantasse?". A exposição abriu com uma sessão de sensibilização, a cargo da Dra. Ana Figueiredo, do Centro de Saúde de Tavira. A professora bibliotecária, Susana Gomes,  ainda contou aos alunos do 2.º A a história "Com o sorriso aprendo a lavar os dentes". 

Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Ter, 25/11/2014 - 23:51

 Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres celebra-se todos os anos a 25 de novembro.Esta data visa alertar a sociedade para os vários casos de violência contra as mulheres, nomeadamente casos de abuso ou assédio sexual, maus tratos físicos e psicológicos.Em média, uma em cada três mulheres é vítima de violência doméstica.
Violência contra as mulheres em Portugal
  • 85% das vítimas de violência doméstica em Portugal são mulheres.
Origem da dataEm 1999, as Nações Unidas (ONU) designaram oficialmente o dia 25 de novembro como Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Desde 1999 que se tem celebrado este dia pelo mundo.A data está relacionada com a homenagem a Tereza, Mirabal-Patrícia e Minerva, presas, torturadas e assassinadas em 1960, a mando do ditador da República Dominicana Rafael Trujillo.

Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Qui, 20/11/2014 - 14:56


Uma névoa de Outono o ar raro vela, (5-11-1932)
Uma névoa de Outono o ar raro vela,Cores de meia-cor pairam no céu.O que indistintamente se revela,Árvores, casas, montes, nada é meu.
Sim, vejo-o, e pela vista sou seu dono.Sim, sinto-o eu pelo coração, o como.Mas entre mim e ver há um grande sono.De sentir é só a janela a que eu assomo.
Amanhã, se estiver um dia igual,Mas se for outro, porque é amanhã,Terei outra verdade, universal,E será como esta [...]
Fernando Pessoa
Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Qua, 19/11/2014 - 19:02

Categorias: Bibliotecas Escolares

<b></b><br /><div class="separator"

Qui, 13/11/2014 - 20:39







Escrevi uma carta à Chuva.


Tavira, 8 de novembro de 2014Querida Chuva,

Gosto muito de ti porque és muito importante para o nosso planeta, mas às vezes és um pouco chata, por muitas razões:Ø Apareces de surpresa, sem seres convidada;Ø molhas a roupa das pessoas e não pedes desculpa;Ø e, às vezes, és tão forte que trazes trovoadas contigo, e olha que isso assusta!Claro que eu sei que andas muito sozinha, mas porque é que não fazes as pazes com o Sol e arranjam um acordo, os dois? – Um dia aparece o Sol, outro dia, apareces tu… e às vezes podiam juntar-se e formar um arco-íris.As pessoas ficariam animadas. Pensa no que te disse. JUm beijo e um grande abraço.Beatriz
P.S: Faço anos terça-feira. Podias não aparecer?!
Beatriz Costa, n.º3, 7.ºC


Escrevi uma carta a uma bola de futebol.

Tavira, 9 de novembro de 2014Amiga bola,Hoje, como não tinha mais nada para fazer, aproveitei o meu tempo para te escrever esta carta. Então, como vais? Espero que esteja tudo bem por aí contigo. Eu só queria perguntar-te duas coisas: a primeira é se ainda continuas com dores depois daquele pontapé que eu te dei e te fez desmaiar e ser conduzida de maca até ao hospital; a segunda coisa é se queres vir visitar-me porque, no domingo, vai haver um jogo. Mas eles não têm bola. É que, sabes, eles até pagam bem! Espero que recebas a carta.
Do teu amigo Diogo, um grande abraço.
                                                                                      Diogo Soares, n.º8, 7.ºC
Escrevi uma carta ao Sol.


                        Tavira,9 de novembro de 2014 Querido sol! Espero que recuperes rapidamente, pois tens estado muito fraquinho. Gosto se te ver saudável e com força. Queria convidar-te para a minha festa de anos no dia de S. Martinho. Ouvi dizer que nesse dia ficas muito feliz, quase como se fosse verão. Todos os meus amigos te adoram e gostavam que marcasses presença.
Abraço do teu amigoPedro
                                                                                 Pedro Costa, n.º22, 7.ºC
Escrevi uma carta ao meu cão. Sofro de epilepsia.

Tavira,9 de novembro de 2014
Minha fiel e boa amiga Luna,Estou a escrever-te esta carta para te contar como vão as coisas por aqui. Como tu sabes, as coisas não têm corrido nada bem. Principalmente com a minha saúde. Ainda bem que te tenho comigo para me ajudares a não pensar nesta doença porque, sempre que eu estou a pensar por que é que eu tenho essa doença, eu vou brincar contigo e deixo logo de pensar nas coisas más por que eu estou  a pensar. Tu foste uma das únicas coisas boas que me aconteceram este ano e, para mim, és uma grande amiga. Eu sei que posso contar sempre contigo. Desde que tu apareceste, os meus dias são mais alegres, apesar de, às vezes, nos fins de semana, eu querer dormir até mais tarde e tu não me deixares. Mas eu sei que tu não fazes isso por mal, pois tu estás habituada a acordar-me todos os dias para eu ir para a escola. Eu adoro-te na mesma. Sem mais nada para te contar, despeço-me com muitos beijinhos.
Até breve. Da tua donaJoela
Joela Cavaco, n.º16, 7.ºC
Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="MsoNormal" style="text

Qua, 12/11/2014 - 11:13
UM LIVRO ESPERA-TE. PROCURA-O.

Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Ter, 11/11/2014 - 22:31


Dia de São MartinhoDia de São Martinho é celebrado anualmente a 11 de novembro.Este dia é uma das celebrações que marcam o outono e é muito tradicional celebrar-se com um magusto.História de São MartinhoA lenda de São Martinho conta que certo dia, um soldado romano chamado Martinho, estava a caminho da sua terra natal. O tempo estava muito frio e Martinho encontrou um mendigo cheio de frio que lhe pediu esmola. Martinho rasgou a sua capa em duas e deu uma ao mendigo. De repente o frio parou e o tempo aqueceu. Este acontecimento acredita-se que tenha sido a recompensa por Martinho ter sido bom para com o mendigo.A tradição do Dia de São Martinho é assar as castanhas e beber o vinho novo, produzido com a colheita do verão anterior.Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece. Este acontecimento é conhecido como o Verão de São Martinho.

Frases e Provérbios de São Martinho
  • Por S. Martinho semeia fava e o linho.
  • Se o inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
  • Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o vinho.
  • No dia de S. Martinho, castanhas, pão e vinho.
  • No dia de S. Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.
  • Dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
  • Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • Pelo S. Martinho, todo o mosto é bom vinho.

Categorias: Bibliotecas Escolares

SONHOS NA ESCOLA

Dom, 09/11/2014 - 21:53
    No primeiro dia de escola estava muito feliz.
     Gostei muito de passar pelo portão porque para entrar tive de mostrar o meu cartão a uma máquina. 
Gostei de conhecer as professoras, mas nas aulas estava sempre a sonhar com fadas... e que eu tinha poderes...Mas quando abria os olhos num instante, logo acabavam as fadas a voar. Até no intervalo pensava que havia flores rosa a voar e a dançar...
   Na fila da cantina foi pior, pois fiquei na fila 40 minutos. E naqueles 40 minutos pus-me a sonhar. Pensei em princesas e castelos e eu estava em cima de um cavalo e era a rainha das flores. Quando tocava numa flor, os pássaros cantavam! Quando uma pinga de água me tocou, transformei-me numa sereia a nadar no mar. Mas são verdade estes sonhos no ar? Ninguém sabe!
Sydney, 9 anos - 5ºD
Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="MsoNormal" style="text

Qui, 06/11/2014 - 11:14
LIVROS QUE PODES REQUISITAR NA BIBLIOTECA DA ESCOLA… A leitura é o alimento do espírito. Vamos lá ler!

Livros recomendado para os 5.° e 6.° anos de escolaridade.
Este livro contém três histórias de Oscar Wilde, escritas provavelmente entre 1887 e 1888. Os temas buscam dimensionar sua postura sobre os sentimentos humanos. O Menino-Estrela conta a saga de uma criança egoísta e orgulhosa que perfaz um caminho de dificuldades até encontrar o verdadeiro sentido da humildade, respeito ao próximo e amor aos demais. O Rouxinol e a Rosa é uma história que pretende conduzir o leitor à sensibilidade e sentimento dos animais e a sua ligação com os seres humanos. O Gigante Egoísta pode mostrar o quanto a alegria e a amizade verdadeira podem modificar comportamentos e conduzir as pessoas a verdadeiros milagres.



"Quem feio ama bonito lhe parece" poderia ser o título desta história de amores, medos e maravilhosas transformações, à qual é impossível ficar indiferente.No início, Bela vê o Monstro apenas como uma criatura disforme, difícil e teimosa. Mas, com o decorrer do tempo, ambos irão descobrir que, por vezes, as aparências iludem…
A Coleção Educação Literária reúne obras de referência da literatura portuguesa e universal indicadas pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.

Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Sex, 31/10/2014 - 17:13
A nossa escola também comemorou o Halloween.



Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="separator" style="clear:

Sex, 31/10/2014 - 15:13


A BRUXA
      -  A Emil Farhat
Nesta cidade do Rio,de dois milhões de habitantes,estou sozinho no quarto,estou sozinho na América.
Estarei mesmo sozinho?Ainda há pouco um ruídoanunciou vida ao meu lado.Certo não é vida humana,mas é vida. E sinto a bruxapresa na zona de luz.
De dois milhões de habitantes!E nem precisava tanto…Precisava de um amigo,desses calados, distantes,que leem verso de Horáciomas secretamente influemna vida, no amor, na carne.Estou só, não tenho amigo,e a essa hora tardiacomo procurar amigo?
E nem precisava tanto.Precisava de mulherque entrasse neste minuto,recebesse este carinho,salvasse do aniquilamentoum minuto e um carinho loucosque tenho para oferecer.
Em dois milhões de habitantes,quantas mulheres prováveisinterrogam-se no espelhomedindo o tempo perdidoaté que venha a manhãtrazer leite, jornal e clama.Porém a essa hora vaziacomo descobrir mulher?
Esta cidade do Rio!Tenho tanta palavra meiga,conheço vozes de bichos,sei os beijos mais violentos,viajei, briguei, aprendi.Estou cercado de olhos,de mãos, afetos, procuras.Mas se tento comunicar-meo que há é apenas a noitee uma espantosa solidão.
Companheiros, escutai-me!Essa presença agitadaquerendo romper a noitenão é simplesmente a bruxa.É antes a confidênciaexalando-se de um homem.

- Carlos Drummond de Andrade, Antologia Poética
Categorias: Bibliotecas Escolares

<div class="MsoNormal" style="text

Sex, 31/10/2014 - 14:57
HAPPY HALLOWEEN

Categorias: Bibliotecas Escolares